quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

De repente, tudo muda

Talvez eu devesse ter falado mais aqui da minha vida pessoal para que, hoje, voces entendessem que eu ja passei por MUITA coisa desde que cheguei à Italia. E que, na minha vida, nunca recebi nada sem esforço e força de vontade. Voce pode entrar aqui achando que é um blog de uma patricinha falando de moda em Milão bancada pelos pais... mas a realidade é bem diferente e chegar aqui nao foi tarefa facil nem barata.





Nessa segunda-feira cheguei do trabalho à noite e quando abri a porta de casa, notei que havia uma cadeira apoiada à porta, todas as luzes acesas e dali pude ver a porta do meu quarto, que tranco sempre antes de sair de casa, aberta. Me aproximei e encontrei todas as minhas coisas reviradas, jogadas no chão, fora de seus lugares. O computador que havia deixado no móvel ao lado da cama, nao estava mais ali. A camera fotografica Reflex na estante, também nao. E foi entao que me desesperei, chorei, xinguei e nao acreditei: me roubaram tudo que eu tinha. E tudo era so isso mesmo.

Na gaveta, dentro de um caderninho ao menos a grana, que eu havia sacado ha pouco pro aluguel, ainda estava la. Em desespero, chorando, eu ri quando encontrei o dinheiro, pois pelo menos ele se salvou. No outro quarto, da outra menina, tudo revirado da mesma maneira, e no quarto maior, que estava desocupado, a porta da varanda havia sido arrombada e estava ainda completamente aberta.


Uma amiga veio correndo me encontrar enquanto eu esperava a policia chegar, arrumei uma mochila e, apos o depoimento, fui dormir na casa dela (ok, eu nao consegui dormir nem um pouco). E no dia seguinte, uma outra amiga me acompanhou à delegacia para fazer a denuncia, e depois, ao apartamento para encaixotar tudo para me mudar dali. Mesmo sem ainda ter encontrado um lugar melhor. Por enquanto estou na casa da mesma amiga onde dormi na primeira noite.


Em pouco tempo, apesar de nao ter a minha familia e seu apoio por perto, consegui arrumar tudo e tenho certeza que vou encontrar uma casa legal logo. Tive a sorte de encontrar bons amigos na Italia, de maneira que estou sempre bem acompanhada, seja em momentos de diversão que em momentos tristes e chatos como esse.


È chato ver tudo que demorei tanto a comprar ser levado assim. Foram coisas que consegui comprar somente porque ganhei uma bolsa de estudos e a camera, um caso a parte, pois era um sonho antigo que sempre pareceu muito distante. Fiquei completamente falida depois da aquisição, mas tinha sempre aquele gostinho de que valia a pena no final das contas. A verdade é que quando me deram essa bolsa de estudos para estudar em Milão, ganhei um pacote de possibilidades novas e, assim, finalmente foi possível realizar sonhos e satisfazer paixões como essa pela fotografia.



Estranhamente, apos o primeiro impacto do susto, fui invadida por uma sensação de confiança de que tudo ira se ajeitar muito em breve. E sem nenhum passe de magica ou crença em seres milagrosos, apenas trabalho e vontade de evoluir cada vez mais sem me prender aos imprevistos que a vida me apresenta.


Talvez porque, depois de dois anos morando em Milão, eu finalmente tenha encontrado um emprego em uma agencia de comunicação (e tudo aconteceu de uma maneira tao especial que merece um post exclusivo pra contar). Estou trabalhando na minha area, como eu queria, em um ambiente super criativo e divertido, aprendendo muito a cada dia, conhecendo muita gente, me sentindo cada dia mais integrada e prevendo somente melhoras daqui em diante. Que as urucubacas fiquem em 2010 porque eu estou pronta pra começar 2011 com tudo e sei que, longe ou perto, estou cercada de pessoas especiais que so querem me ver feliz (e é por isso que agora voce me ve sorrindo em San Gimignano e Siena).






Boas festas a todos!



12 comentários:

  1. Amiga, que isso!
    Já passei por isso, já tive a casa arrombada em outra cidade que não era a minha também.
    A sensação é horrorosa realmente.
    Mas adorei ver a sua força!
    Gosto de gente assim!
    Com garra!
    Como coloquei no final do blog Tenga Volantes quando o criei, o São Jorge, e escrevi: 'guerreiro como eu'.
    É isso aí, amiga guerreira!
    Que Deus te proteja em 2011 e que seja farto e iluminado!
    Feliz Natal!!!
    Feliz Ano Novo!!!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oi Cris!
    Que pena terem te assaltado.
    Fiquei emocionada com a maneira que vc reagiu a tudo.
    Tenho certeza que vc vai conquistar muitas coisas em 2011!
    Boas festas!

    ResponderExcluir
  3. Nossa Cris, que coisa mais chata ainda mais nessa época do ano.

    Tenha certeza de que 2011 tudo vai ser melhor e você vai conseguir tudo o que deseja. Dá para notar que você é uma pessoa forte e lutadora. Parabéns!!!

    Eu lhe desejo tudo de bom em 2011 e boas festas!

    Bjs.
    Elvira

    http://evipensieri.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Cris,

    Quando eu li seu texto, fiquei com o estômago revirado. É mesmo muito desagradável ser roubado, tirar tudo que a gente conseguiu com esforço, ainda mais quando isso acontece na nossa casa.

    Tenho certeza que você conquistará tudo o que perdeu em dobro! Fico feliz pelo novo trabalho, na sua área.

    Que o Menino Jesus lhe traga tudo o que há de melhor em 2011!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Cris! Que chato né? É sempre revoltante quando nos roubam, e aqui na Itália não imaginamos que isso pode acontecer, mas no meu prédio um apartamento também já foi roubado. É preciso estar sempre atentos! Mas é aquilo, coisas materiais conseguimos de novo! Que façam bom proveito das coisas que te roubaram que Deus dá em dobro! Te desejo tudo de bom! Um 2011 maravilhoso! E parabéns pela conquista de trabalhar na sua área! Realmente não tem preço! E nos conte tudo! rs. Beijos e um feliz natal pra vc.

    ResponderExcluir
  6. Que pena que isso tenha acontecido com vc. Sinto muito, muito mesmo. Mas, pelo que li, percebi que vc não se deixa abater facilmente e que é uma guerreira. Vc terá muito mais em um curto prazo. Tenho certeza. Que 2011 seja um ano espetacular pra vc. Boa sorte!!

    ResponderExcluir
  7. Amiga, muito chato o que aconteceu, mas fiquei orgulhosa da sua reação. Também tenho a certeza de que logo você vai recuperar tudo, porque competência, força de vontade e alegria de viver você já tem demais! Um beijo, adoro você.

    ResponderExcluir
  8. Oi Cris!
    Sou nova por aqui e por isso me apresento primeiro, eu sou a Monica, vivo em Barcelona e gostei muito do teu blog e gostaria muito de vir aqui acompanhar as tuas histórias se tu me aceitar né...
    Infelizmente e ao contrário do que a maioria das possoas pensam, viver por esse lado do mundo, o dito "1º mundo" nao é o mar de rosas, mas também acho que aprendemos liçoes tao importantes que fazem a gente mudar nossa forma de ser e estar no mundo, e sempre agradeço ter feito essa escolha e ter a oportrunidade de desmistificar o que é viver por aqui.
    Lendo esse teu post, nossa me deu uma dor, por que é bem isso, só a gente sabe dos sacrifícios e dificuldades que se passa, mas o positivo é que a tua força e o teu otimismo para superar as intempéries da vida ninguém pode te tirar, entao força para seguir!!!
    Beijos
    Monica
    barcelonamiamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olà Cris

    Também me emocionei com a tua reaçao. Moro em Napoles, também sou jornalista e conheci teu blog através do blog Brasil na Italia, e estou sempre espiando os teus posts. Sei bem como é essa sensaçao e gostei da maneira como voce reagiu. Parabèns por esse blog, é muito interessante e original, voce podia evoluir para uma revista ou portal brasileiro. Abraços
    Aline Buaes
    alinebuaes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Poxa Cris, que coisa chata. Só vim ler isso agora. Aí é como aqui que não tem porteiro no prédio?
    Aconteceu isso comigo em Recife, meu apt lá foi arrombado e eu nao dormi mais nenhuma noite lá, em uma semana eu estava em um ape novo. Não é fácil, mas a gente é mais forte do que pensa.
    Força aí e feliz ano novo.
    bjos

    ResponderExcluir
  11. Cris
    Fiquei indignada e triste por voce. Ainda mais pq estamos na Italia onde imaginamos estar mais seguros, mas gostei da tua determinação e tenho certeza que 2011 "já começou" com esta virada de mesa.Trabalho que vc tanto queria e muito, muito aprendizado!
    Fique bem que o material vc consegue rapidinho!
    Um beijo

    ResponderExcluir